Assinatura RSS

duas formas de falar sobre o mesmo conteúdo

Publicado em

“E não é só que este método não pode pretender jamais alcançar o mérito raríssimo de uma verdadeira popularidade filosófica, pois não é habilidade nenhuma ser compreensível a todos quando se destituiu todo o exame em profundidade; assim esse método traz à luz um asqueroso mistifório de observações enfeixadas a troixe-moixe e de princípios racionais meio engrolados com que se deliciam as cabeças ocas, pois há nisso qualquer coisa de utilizável para o palavratório de todos os dias, enquanto que os circunspectos só sentem confusão e desviam descontentes os olhos, sem aliás saberem o que hão-de fazer; ao passo que os filósofos, que podem facilmente descobrir a trapaça, pouca gente encontram que os ouça quando querem desviar-nos por algum tempo da pretensa popularidade para, só depois de terem alcançado uma ideia precisa dos princípios, poderem ser com direito populares.”

Kant na segunda seção de sua Fundamentação da Metafísica dos Costumes

“Neste ponto, só porque exprimo as coisas tais como elas são, terei de ouvir de novo que minha filosofia é desesperadora, preferindo, as pessoas, que eu dissesse que Deus fez tudo segundo o melhor. Que essas pessoas, então, se dirijam à igreja, e deixem os filósofos em paz. Ou, pelo menos, que não exijam que os filósofos disponham suas doutrinas de forma a corresponder aos seus anseios. Isso, quem faz, são os filosofrastos e os trapaceiros, aos quais podem-se encomendar doutrinas conforme ao gosto.”

Schopenhauer no capítulo XII da sua obra Parerga e Paralipomena

Anúncios

Uma resposta »

  1. giovani cesconetto

    Preciso fundamentação sobre o que exatamente é MESMO CONTEÚDO.
    Ex.: Em determinado momento vou fazer palestra sobre as cantigas de roda a saber: O cravo e a rosa, dona baratinha e soldadinho de chumbo.
    Em outro momento falarei sobre as cantigas de roda: atirei o pau no gato, a canoa virou, meu limão meu limoeiro, isso pode ser definido como MESMO CONTEÚDO?
    Por favor, preciso de uma força, urgente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: